Archive for outubro, 2008

Qual a sua idade?

Dona Reiko e dona Fussae nasceram no Japão e vieram para o Brasil ainda meninas. Elas decidiram

Dona Reiko e dona Fussae

Dona Reiko e dona Fussae

viver em Santos, no litoral de São Paulo. Aqui se conheceram, ficaram amigas, mas as semelhanças entre as duas não param por aí. Elas são apaixonadas por um esporte que começaram a praticar depois dos 70 anos: o surfe. Reiko e Fussae entram no mar três vezes por semana e não fazem feio, muito pelo contrário!
Do surfe pra outros esportes radicais, foi literalmente um pulo.
Elas já saltaram de asa delta, fizeram rapel, canoagem e Fussae anda de skate também.
Além disso, elas viajam muito e provam que limites não existem para quem gosta de aproveitar a vida! Fonte: site Mais Você – http://maisvoce.globo.com/MaisVoce/0,,MUL841028-10345,00.html

Hoje pela manhã assistindo TV conheci a História dessas duas senhoras as duas beirando os 80 anos cansaram do sedentarismo e resolveram praticar algum esporte bem “light” por sinal os esportes preferidos das vóvos vão do Surf ao Para-Pente, são uma liçao de vida para muitos idosos e para muitos jovens também que no auge de seus 20 e poucos anos já se acham cansados demais para fazer algum exercício, a idade mental dessas senhoras não deve passar dos 25 anos, esporte faz bem se exercitar fortalece o corpo e faz com que ele resista melhor ao tempo que o desgasta radicalmente, hoje com tudo sendo facilitado nas nossas vidas aderimos ao sedentarismo e não abrimos mão dele, para ir na padaria que fica na esquina da sua casa a menos de 100 metros você acha melhor tirar o carro da garagem do que dar uma caminhada, para ir da sua mesa do escritório ao armario que fica nas suas costa você arrasta a cadeira de rodinhas até lá. Existem várias outras comodidades que nos deixam ociosos. Quem dera todos seguissem o exemplo de Dona Reiko e dona Fussae fugir do sedentarismo e das doenças que ele traz junto consigo, lendo essa matéria pergunte para si mesmo qual a sua idade?

Anúncios

Aos Grandes amores

Que atire a primeira pedra quem nunca amou na vida… plagiando Jesus escrevo hoje sobre um assunto que meche muito comigo, dizem que agente só ama de verdade uma vez na vida. aquele amor arrebatador, o amor que só de chegar perto você já chega ao ecstasy, aquele amor que te vira a cabeça, que te faz chorar quando te olha nos olhos e diz: “eu quero você’.
se só amamos uma vez na vida, devemos tomar cuidado a quem damos esse amor, e os outros amores que passaram antes desse e achavamos que era o grande amor da nossa vida, não era amor? e os que virão depois desse? é loucura pensar.. é loucura tentar entender, meu coração meu pior inimigo… Grandes amores que já tive que pasaram por minha vida me tirando o chão, de alguns me lembro com carinho de outros com tristeza.. todos deixaram marcas algumas já estão sumindo, outras acho que nunca sumirão… meus grandes amores…. e meu novo amor… espero que um dia tudo se resolva….

Até onde vai a conectividade

Estamos na era da conectividade, vivemos conectados a rede e a rede conectadas em nós, os inofensivos celulares já não são mais tão inofensivos assim, agora além de tirar foto, tocar MP3, agora já se pode ver a pessoa com quem você está falando, é possível saber a localização exta de um ente querido ou daquele cachorro do seu namorado que disse que esta no escritorio fazendo hora extra e

Os Jetsons

Os Jetsons

esta no bar com os amigos, se pode bloquear o carro roubado com apenas uma ligação, coisas que antigamente na epoca do meu pai só se via nos desenhos animados como Os Jetsons. E os carros que hoje já saiem de fabrica com GPS com viva voz no qual vc diz pra onde você quer ir e ele te mostra a rota mais rápida. É depois da invenção da lâmpada o homen não parou mais de inventar coisas para melhorar seu bem estar! ou será que piora?
As vezes acho que piora, no exemplo do celular não tem mais como dar aquela fugidinha do patrão ou da namorada ou quem quer que seja, pois em qualquer hora e em qualquer lugar é possivel te encontrar no celular; essa noite por exemplo um amigo me ligou as 00:11 pedindo para eu ensinar a formatar um computador! Pelo mãe do Guarda, isso é hora de ligar para alguém para que esse te ensine seja lá o que for… deu vontade de mandar ele para aquele lugar, mas como sou bem educadoo apenas desliguei o celular. Não que eu seja contra a tecnologia mas até onde ela ajuda e atrapalha, eu por exemplo não sei fazer uma simples continha de dividir por conta dos professores terem deixado usar a calculadora na hora de fazer os exercícios e até mesmo nas provas, e a geração do Ctrl+C e Ctrl+V, eu ainda sou da época em que íamos as bibliotecas para pesquisar, tínhamos que copiar a mão o que estava nos livros, hoje tem tudo na internet, ta tudo mais prático e só copiar, colar no Word, fazer uma capa, colocar bibliografia:”pt.wikipedia.org”. Imprimir e dar para o professor. Alguns lêem outros nem se dão ao trabalho. então até onde vai a conectividade até onde isso pode ajudar as pessoas e até onde começa a interferir no aprendizado das mesmas. Tudo é bom mas devemos usar com cuidado.

Hoje eu queria escrever algo bom

Nayara e Eloá

Nayara e Eloá

Hoje eu queria ter uma notícia boa para dar mas… o sequestro que bateu recorde de duração em São Paulo teve um trágico fim, Eloá e Nayara sairam feridas. Nayara foi atendida e passa bem, porém o caso de Eloá é bem mais grave com uma bala alojada no cérebro a situação dela está bem complicada, a adolescente teve perda de massa cefálica e sobrevivendo poderá ficar com sequelas além do trauma psicologico que ela terá. O ex-namorado Lindemberg Alves em um ataque de paixão estragou a sua propria vida e da ex-namorada, inconformado com o termino do namoro por parte dele proprio, ele num momento de raiva provocou essa trágica história que todos já conhecemos. Os pisicologos tentam explicar a atitude dele, mas realmente só ele sabe o por que de ter tomado essa atitude. Ele ficará preso um bom tempo e logo após ter cumprido sua pena será solto e voltará a sua vida, já Eloá sobrevivendo a esse estado complicado que ela se encontra agora jamais terá sua vida de volta, pois nada será como antes, como confiar em outro homem para se relacionar, e o medo de reencontrar Lindenberg denovo. Ficaram feridas que nem o tempo poderá cicatrizar, Peço a Deus que a proteja nesse momento, que esteja com ela. Torço para que tudo termine bem e que Eloá saia dessa com vida!

Três Rios está morta

Chega o fim de semana a galera animada se comunica todo mundo marca de se encontrar e sair para a balada, sexta-feira a noite rodamos a cidade e NADA! Nem uma festinha, a única boate que existia na cidade fechou. As animadas festas produzidas pelo Bafafá, do Acontece aqui, do Só Diretoria, Anda cada vez mais escasso as festinhas, cadê a diversão dessa cidade?

Não tem jeito o negocio é sentar no barzinho e beber até cair, como diz o hit do momento “vamu simbora pru bar, beber cair e levantar”. E eu que não bebo, fico como?

Ó pai! Alguém tem que tomar uma providencia, por que não abrem uma outra boate na cidade, ah é. Quando tem uma boate na cidade o povo não comparece, preferindo ir para outras cidades, e por isso os empresários da noite para não falirem fecham, e quando fechados o povinho reclama, não tem nada para fazer nessa cidade, Três Rios está morta. Vai entender…

O que você quer ser quando crescer? – Cronista!

Comecei a me aventurar na arte de escrever, meu sonho é ser jornalista e ter uma coluna de cronicas em algum jornal…rs ou quem sabe apresentador de um telejornal. No proximo ano se o orçamento permitir irei me ingressar na tão sonhada faculdade de jornalismo, aprender a escrever e a responder as perguntas basicas de uma matéria: onde? Quando? Como? e Porque? Confesso que não sei se me sairei bem, as vezes acho que escrevo bem, outras não. Tenho algumas difulcudades com o português, nada que me atrapalhe demais mas que me deixa um pouco receoso de escrever, como o uso correto das virgulas e demais pontos, concordância… eita que indioma complicado..rs mas sigo atrás do meu sonho, sou fã do Arnaldo Jabor, um cronista de primeira usarei-o de exemplo para meus textos. um dia eu chego lá…

Ah! se fosse a Swat.

Eloa Cristina Pimentel da Silva

Eloa Cristina Pimentel da Silva

Sequestro em São Paulo ja entrou para o Guiness Book, confirmando o despreparo da Polícia brasileira, o jovem de 22 anos está fazendo o que quer com a polícia de São Paulo, todos os seus desejos são atendidos e eles nada fazem para terminar logo com esse martírio. O sequestro já vai pra quase 5 dias e nada muda, à não ser que a Polícia deixou voltar para o cativeiro uma refém que já havia saído, por favor quem em sã consciência deixaria que isso acontecesse e se o pior vir a acontecer de quem será a culpa, do bandido? ou da polícia que autorizou o retorno de uma menor para “Negociar” com o sequestrador. Ah se fosse a Swat! Não querendo desvalorizar os nossos policiais brasileiros mas eles estão muito mal treinados para esse tipo de situação,  como todos conhecem a famosa coorporação da polícia americana a Swat, coorporação treinada e preparada para esse e outras situações perigosas, creio eu que um atirador de elite já resolveria o problema, colocado em um local estratégico na hora em que o individuo chegasse proximo a janela sozinho seria o fim desse sequestro recordista; mas ai a galera dos direitos humanos cairia em cima da policia, pois é por isso que a violência desse país aumenta cada dia mais. tem sempre uma ONG pra proteger os “coitadinhos” dos bandidos, como disse um candidato numa dessas eleições passadas: -“Queimou o colchão vai dormir no chão, direitos humanos não gostou? leva pra casa!”. Simples e objetivo resolveria o problema, mas enquanto pessoas assim não assumem o poder eu olho para essa situação e continua a dizer: – Ah se fosse a Swat!